livescore.in

ZF-Superbanner-01.08 a 02.11.23
livescore.in - tudo sobre as mudanças do sedã líder em vendas (Marcos Camargo)

livescore.in - tudo sobre as mudanças do sedã líder em vendas (Marcos Camargo)

 

Teste completo do Corolla Altis que ganhou 10 pequenas mudanças

 

O Corolla híbrido estreou no Brasil há pouco mais de quatro anos. Se no início a briga era mais acirrada neste segmento hoje a vida do Toyota é bem mais tranquila. Por isso ele recebeu poucas mudanças na linha 2024 se mantendo eficiente, bem construído e agora mais equipado.

Foram ao todo 10 mudanças bem pontuais que pouca gente percebe por fora mas fica fácil perceber o que mudou pelo lado de dentro. Há uma mudança visual discreta na grade, uma pequena moldura nos farois auxiliares com detalhe cromado, um friso externo lateral, rodas aro 17 com acabamento diamantado ganharam travas anti-furto e os pneus de perfil 215/50 que são mais altos.

Na prática, essa mudança realça o perfil conservador do Corolla com pequenos apliques cromados. Já o pneu de perfil mais alto deixou o carro mais confortável pois sedãs médios tendem a “raspar” em buracos e valetas ou saídas de garagem. Com a mudança esse comportamento muda.

 

Traseira do Corolla híbrido (Marcos Camargo)

Traseira do Corolla híbrido (Marcos Camargo)

 

Por dentro, mais tecnológico

Se por fora as mudanças passam despercebidas por dentro o cenário muda. O painel, as forrações, bancos e outros itens são iguais transmitindo solidez para o motorista e passageiros. Mas o conteúdo tecnológico melhorou.

 

Interior Corolla Altis Hybrid 2024 (Marcos Camargo)

Interior Corolla Altis Hybrid 2024 (Marcos Camargo)

 

Bancos traseiros Corolla Altis Hybrid 2024 (Marcos Camargo)

Bancos traseiros Corolla Altis Hybrid 2024 (Marcos Camargo)

 

Isso se deve ao cluster com um novo painel digital de 12 polegadas em alta resolução e gráficos animados. A multimídia também é nova e tem 9 polegadas com conexão sem fio Apple CarPlay e Android Auto sem o efeito de “TV de tubo”. O sistema é novo bem como a interface mais direta. Há um novo gestor de consumo que traz informações do histórico das viagens com o Corolla. A multimídia tem ainda sensor e câmera de ré que segue com baixa resolução. Um sistema de câmeras integrais tornaria o carro bem mais atualizado.

 

Apple Car Play conectado a central multimídia (Marcos Camargo)

Apple Car Play conectado a central multimídia (Marcos Camargo)

 

Câmera de ré (Marcos Camargo)

Câmera de ré (Marcos Camargo)

 

Junto às portas há outro detalhe: uma soleira iluminada em azul e uma outra luz em LED branco que ajuda no acesso ao veículo.

 

Soleira iluminada (Marcos Camargo)

Soleira iluminada (Marcos Camargo)

 

Em termos de segurança além dos faróis em LED com ajuste há sete airbags e pacote de segurança Toyota Safety Sense que também tem novidades: sensor de pré-colisão que agora detecta pedestres e ciclistas. Detector de ponto cego e fluxo cruzado nas manobras também fazem parte do conjunto.

 

Farol em LED (Marcos Camargo)

Farol em LED (Marcos Camargo)

 

Ficha técnica do Corolla Altis Hybrid 2024

Nas dimensões não houve qualquer mudança e o Toyota Corolla Altis Hybrid 2024 segue com 4,63m de comprimento, 2,07m de largura, 1,45m de altura e entre-eixos de 2,70m pesando 1.450kg e com 470 litros de porta-malas.

 

Lateral Corolla Altis Hybrid 2024 (Marcos Camargo)

Lateral Corolla Altis Hybrid 2024 (Marcos Camargo)

 

A versão Altis Hybrid traz teto solar, ajuste de bancos elétricos, ar condicionado de duas zonas e agora saída de ar condicionado para o banco traseiro com dois pontos USB-C (na frente há mais pontos e também carregador sem fio de celulares) no console central.

 

Motor mais potente não veio

Fora do Brasil a Toyota oferece o Corolla com estas mudanças mas o principal ficou de fora. O conjunto mecânico preza pela eficiência mas não pelo desempenho.

A Toyota diz ter recalibrado o motor do sedã que proporciona 12% de economia de combustível. O motor 1.8 de ciclo Atkinson tem 101cv e 14,5kgfm de torque trabalha com os motores elétricos de 72cv e 16kgfm de torque resultando em potência combinada de 122cv tendo câmbio automático do tipo CVT.

A economia de combustível compensa a ausência de potência. Ele faz entre 15 e 18km/l, boa média para seu porte e peso. Durante o nosso teste a média geral de consumo ficou ainda acima da máxima e cravou 18,5km/l em cerca de 1.000km rodados. Se por um lado o Corolla não tem aquela força nas retomadas seu conjunto mecânico é bem adequado e não faz feio na cidade ou na estrada. E nenhum carro desse porte será mais econômico. Talvez o Honda Civic HEV, mas esse é tema para uma próxima matéria.

 

Motorização (Marcos Camargo)

Motorização (Marcos Camargo)

 

Avaliação dinâmica

Painel digital Corolla Altis Hybrid 2024 (Marcos Camargo)

Painel digital Corolla Altis Hybrid 2024 (Marcos Camargo)

O compromisso do Toyota Corolla Altis Hybrid 2024 é com a eficiência energética e não com o desempenho como já foi dito. A experiência de uso do carro segue a mesma pois a mecânica não muda. O Corolla preza pelo silêncio, espaço e solidez a bordo.

Mas agora sua experiência de uso ficou mais agradável por conta do painel digital que tem gráficos que acompanham os modos de condução, consumo, uso de potência e tudo o que é preciso de forma clara. Essa, aliás, foi sua melhor mudança junto com a multimídia que não só recebe nota 10 porque poderia ter um sistema de câmera aprimorado.

Quando comparado com outros sedãs médios temos o Honda Civic HEV que é tão eficiente quanto o Corolla mas por ser importado é bem mais caro (faixa de R$ 235 mil) e o Caoa Chery Arrizo 6 que é um híbrido leve está vindo em baixíssimos volumes na rede. Entre os modelos a combustão temos o eficiente Nissan Sentra que tem bons preços mas não é um híbrido e o Volkswagen Jetta GLI tem desempenho mas seu preço acima dos R$ 230 mil na prática tornou o sedã quase um carro de nicho por aqui.

 

Corolla Altis Hybrid 2024 (Marcos Camargo)

Corolla Altis Hybrid 2024 (Marcos Camargo)

 

Por Marcos Camargo

Share This
livescore.in Mapa do site