betarena

ZF-Superbanner-01.08 a 02.11.23

Produzida em Pacheco desde 1996, picape já teve mais de 340 mil exemplares vendidos no Brasil

 

A Ford Ranger alcançou a marca de 900 mil unidades produzidas na fábrica de Pacheco, na Argentina, em 24 anos de mercado. A unidade é responsável por abastecer todo o mercado latino-americano, tendo como destino o Brasil, Chile, Peru, México, Equador, Colômbia, Bolívia, Uruguai, Paraguai e Venezuela, além da própria Argentina.

Do total de Ranger produzidas em Pacheco, mais de 340 mil foram destinadas ao Brasil. Recentemente, a Ford anunciou o início do segundo turno de produção para atender o aumento da demanda pela picape no Brasil e na Argentina, com um volume de 234 unidades por dia (6% mais alto que antes da pandemia, segundo o fabricante).

A Ranger começou a ser produzida na Argentina em 1996, na versão cabine simples com tração 4×2. Dois anos depois, teve início a fabricação da carroceria de cabine dupla. A geração atual da Ranger é produzida localmente desde 2012 e recebeu a primeira reestilização em 2016. Em 2019, estreou leves mudanças na grade e no pacote de equipamentos.

Atualmente, a picape é vendida em uma configuração cabine simples (XL 2.2, por R$ 143.490) e outras seis de cabine dupla (XL 2.2, XLS 2.2 4×2, XLS 2.2 4×4, Storm 3.2, XLT 3.2 e Limited 3.2), com preços entre R$ 150.890 e R$ 219.890.

Foto: Divulgação

Share This
betarena Mapa do site