esoccerbet.br

ZF-superbanner-01.08 a 01.11

Mudanças na dianteira Volkswagen Golf GTI 2018

Entre diversas baixas em 2019, o segmento de hatches médios foi o que mais sofreu com aposentadorias

 

O ano não foi fácil para a indústria automotiva, embora o saldo de vendas seja positivo até o momento: foram 3,6 milhões de unidades emplacadas de janeiro a novembro, o que representa alta de 10,3% em relação ao mesmo período de 2018, segundo os dados da Fenabrave. Contudo, isso não foi suficiente para as fabricantes manterem os portfólios que apresentavam no início deste ano e 2019 contou com muitas baixas.

Relembre a seguir os modelos que saíram de linha no Brasil em 2019:

Ford Fiesta e Fiesta Sedan
Começamos o ano com o anúncio do fim da produção do Fiesta, em fevereiro, na fábrica da Ford em São Bernardo do Campo (SP). A linha de montagem parou efetivamente em junho, quando as últimas unidades chegaram às concessionárias, mas esses estoques não duraram muito e logo o Fiesta hatch e sua variante sedã foram considerados oficialmente aposentados.

Peugeot 308 e 408
Ainda em fevereiro vimos o baixo volume de vendas do hatch 308 e do sedã 408 levarem a Peugeot a retirar ambos do mercado brasileiro. A marca francesa ainda luta para resgatar a sua imagem no pós-venda e vem focando cada vez mais seus esforços no segmento de SUVs, com 2008 e 3008.

Volkswagen Golf Variant
O curto mês de fevereiro fez mais uma vítima, a perua Golf Variant, que deixou o catálogo da VW no Brasil para abrir espaço para o T-Cross. Ao analisar o volume de vendas do T-Cross, parece acertada a estratégia da marca, embora o segmento de peruas ainda mantenha fãs muito fieis no Brasil e fora dele.

Volkswagen Golf TSI e GTI
O segmento de hatches médios vinha definhando aos poucos no Brasil, mas em março perdeu um grande rival, o VW Golf, que deixou de ser oferecido nas versões 1.0 e 1.4 TSI – a 1.6 MSI não havia durado muito, mas também não parece ter deixado saudade. Restou ainda a configuração esportiva Golf GTI, porém, que foi aposentada em outubro deste ano com a chegada do híbrido Golf GTE. Vale lembrar que a oitava geração do Golf já foi apresentada lá fora, mas não tem previsão de vinda ao mercado brasileiro.

Kia Picanto
A vida do Kia Picanto no Brasil já foi um sucesso, mas ultimamente vinha enfrentando a dificuldade da variação na taxa de câmbio e a alta carga de impostos. Em abril, a nova geração, que era oferecida na versão GT, deixou de ser importada pouco mais de um ano após seu lançamento.

Citroën C4 Picasso e Grand C4 Picasso
Ainda estávamos no primeiro semestre e 2019 já fazia mais duas vítimas: os Citroën C4 Picasso e Grand C4 Picasso. Em maio, foi anunciada a saída de ambos os modelos, também devido ao baixo volume de vendas. Atualmente, os esforços da marca se concentram no C4 Cactus, que já configura entre os 10 mais vendidos no país por dois meses seguidos.

Ford Ranger Flex
Maio também marcou a aposentadoria das versões com motorização flex da picape média Ford Ranger. Segundo a fabricante, o objetivo foi focar as atenções nas opções a diesel da Ranger, que representavam o maior volume de vendas. Junto com a saída de Fiesta e Focus, a alteração na gama da picape fez parte de uma grande projeto de reestruturação da Ford no país.

Ford Focus Hatch e Fastback 
Como dissemos acima, a Ford também retirou do mercado brasileiro em 2019 a Focus, tanto na versão hatch quanto no sedã, chamado de Fastback. O hatch teve sua aposentadoria anunciada em junho, com o fim da linha para o sedã pouco depois. Sem Golf, 308 e Focus, restou apenas o Chevrolet Cruze Sport6 no segmento de hatches médios por aqui.

VW SpaceFox
Já era esperado o fim da linha para a perua SpaceFox, mas o modelo saiu do site da fabricante somente no segundo semestre, aguardando esgotarem os estoques nas concessionárias. Os primeiros indícios de sua aposentadoria já apareciam no final de 2018, mas a produção só foi encerrada em junho deste ano, quando a VW confirmou oficialmente a informação, dando espaço para a chegada de mais um SUV, o Nivus.

Chevrolet Traiblazer V6
O SUV Traiblazer segue à venda. Porém, em outubro, saiu oficialmente da tabela de preços da marca a versão V6 a gasolina, restando apenas a topo de linha Premier com motor 2.8 turbodiesel, que representava a maior parte das vendas do modelo. A alteração veio poucos meses depois do anúncio da linha 2020 do Trailblazer, surpreendendo o mercado.

Chevrolet Prisma e Prisma Joy
Com a chegada do Onix Plus, o sedã Prisma sairá oficialmente do mercado. Ele já não aparece mais no site da marca, embora tenha unidades em estoque em algumas concessionárias, o que faz com que ainda tenha emplacamentos registrados na Fenabrave. A opção de entrada, que se chamava Prisma Joy, também muda de nome e vira Onix Plus Joy, adotando o visual anterior à nova geração.

 

Leia mais

 

Série especial Ford Mustang Black Shadow chega no início de 2020

Volkswagen Golf GTE chega ao Brasil por R$ 199.990

VW Golf chega à oitava geração com dois sistemas híbridos

Share This
esoccerbet.br Mapa do site