Eye of Cleopatra

ZF-superbanner-01.08 a 01.11

Fábrica Renault Kwid São José dos Pinhais Paraná

Investimento de R$ 1,1 bilhão será destinado a cinco lançamentos da Renault, incluindo a renovação de modelos atuais; haverá ainda dois veículos elétricos

 

ARenault anunciou hoje (1) um investimento de R$ 1,1 bilhão no Complexo Ayrton Senna, no Paraná, destinado a cinco lançamentos que incluem a renovação de veículos atuais e o desenvolvimento de um motor turbo. De acordo com a empresa, as cinco novidades chegarão ao mercado até a metade de 2022, além de mais dois modelos elétricos.

“Mesmo num cenário de muitos desafios, fico feliz em poder anunciar que seguimos investindo na atualização dos nossos produtos no Brasil”, diz Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil.

“O mercado brasileiro continua sendo estratégico para o Grupo Renault. A aprovação de um novo ciclo de investimentos para futuros projetos depende da melhoria da competitividade. Fatores como a complexidade e alta carga tributária, os altos custos logísticos e de fabricação comprometem a competitividade para fabricar no país”, afirma Luiz Fernando Pedrucci, SVP para a América Latina.

Atualmente, a marca é líder na venda de elétricos no Brasil, oferecendo Zoe, Twizy e Kangoo Z.E desde 2013 para empresas parceiras, além do Zoe para cliente final desde 2018. A fabricante também lidera no segmento do Kwid e da Master. Recentemente, foi feito o lançamento de Renault Duster, Oroch e Captur renovados, enquanto Sandero, Logan, Stepway foram atualizados em 2019.

A empresa produz veículos no Brasil há mais de 22 anos, contando com cerca de 6.400 colaboradores diretos e mais aproximadamente 25 mil empregos indiretos. O Complexo Ayrton Senna está localizado em São José dos Pinhais (PR) em uma área de 2,5 milhões de m², reunindo as quatro fábricas da marca no Brasil: a de automóveis (CVP), a de comerciais leves (CVU), a de motores (CMO), além da fábrica de injeção de alumínio (CIA).

Share This
Eye of Cleopatra Mapa do site