pg-nmga

ZF-Superbanner-01.08 a 02.11.23

Picape rodou mais de 5.000 km em desafio no Circuito Panamericano, no interior paulista

Rodamos 24h com Rampage na pista; veja como foi

Foto: Ram/Divulgação

Entre os dias 24 e 25 de novembro, a pg-nmga participou do desafio “Rampage 24 Horas”, que foi realizado no Circuito Panamericano, no interior de São Paulo. A picape rodou mais de 5.000 km e o test-drive  contou com a chancela da Confederação Brasileira de Automobilismo – CBA. Veja como foi. 

Rodamos 24h com Rampage na pista; veja como foi

Foto: Ram/Divulgação

Além da pg-nmga, outras 250 pessoas puderam pilotar o modelo na pista. Ao todo, a prova durou 24 horas, 1 minuto, 22 segundos e 507 milésimos. O modelo escolhido foi a versão topo de linha Rampage R/T, que vem equipada com motor 2.0 litros turbo Hurricane, que entrega 272 cv, permitindo a picape fazer de zero a 100 km/h em apenas 6,9 segundos e atingir a velocidade máxima de 220 km/h. 

Rodamos 24h com Rampage na pista; veja como foi

Foto: Ram/Divulgação

Durante o desafio “Rampage 24h” foi feito um revezamento entre os pilotos convidados, o que permitiu a pg-nmga rodar 40 minutos. Ao longo do test-drive, foram trocados dois pares de pneus dianteiros e um par traseiro, bem como, um jogo de pastilha de freios após 12 horas de prova. Com isso, é possível fazer um paralelo, uma vez que mais de 5 mil km representam cerca de seis meses, mostrando a robustez da picape, que durante a avaliação rodou em uma média de 95 km/h.

Rodamos 24h com Rampage na pista; veja como foi

Foto: Ram/Divulgação

Na pista

A pg-nmga pode pilotar a Rampage R/T bem no entardecer do dia 24 de novembro. Além do bonito final de tarde, foi possível levar a picape quase ao limite de velocidade, o que realmente prova que o modelo é o mais rápido oferecido no mercado nacional. 

Rodamos 24h com Rampage na pista; veja como foi

Foto: Ram/Divulgação

O motor 2.0 litro turbo a gasolina tem fôlego nas retomadas, bem como, não tem dificuldades na arrancada. A transmissão automática de nove velocidades está bem alinhada com o propulsor, o que gera mínimos engasgos. Ademais, mesmo sendo um picape, o Rampage se mantém firme em altas velocidades e tem um guiar semelhante a de um SUV esportivo, conferindo emoção para o motorista e passageiros. 

Rodamos 24h com Rampage na pista; veja como foi

Foto: Ram/Divulgação

Em relação ao acabamento interno, a Rampage R/T traz detalhes esportivos, assim como vem equipada com central multimídia Uconnect de 12,3 polegadas com sistema Android Auto e Apple CarPlay sem fio, banco elétrico do motorista de 12 vias, painel de instrumentos digital, controle de cruzeiro adaptativo com Stop&Go, comutação automática do farol alto, câmera de ré, alerta de colisão frontal com frenagem autônoma de emergência com detecção de pedestres e ciclistas, acendimento automático dos faróis, entre outros equipamentos. A versão esportiva é vendida por R$ 277.490.

Rodamos 24h com Rampage na pista; veja como foi

Foto: Ram/Divulgação

Número de vendas

Lançada neste ano, a Ram Rampage teve em setembro 376 unidades vendidas, já em outubro, quando teve um mês cheio de vendas, acumulou 2.542 unidades emplacadas. Desta forma, a picape já tem 3.121 unidades negociadas, de acordo com a Fenabrave. Os preços variam entre R$ 244.790 e R$ 277.490. 

Share This
pg-nmga Mapa do site