Jogos de pôquer

Sedã foi transformado em conversível em tempo recorde

Virtus Cabrio: VW criou conversível em seis semanas para visita de Lula

A Volkswagen costuma criar veículos em cerimônias especiais como fez com a visita do presidente Lula e do vice Geraldo Alckmin à sede da empresa em São Bernardo do Campo. Indo além da questão política, o carro azul conversível chamou a atenção por não se tratar de um modelo vendido no mercado. Hoje a Volkswagen divulgou mais detalhes sobre o Virtus Cabrio, um carro feito pela engenharia da marca fruto do trabalho de 30 pessoas em seis semanas.

Virtus Cabrio: VW criou conversível em seis semanas para visita de Lula

O Virtus Cabrio mescla elementos das versões Highline e Exclusive, recebeu a cor Azul Biscay que é perolizada, rodas de 18 polegadas com acabamento escuro, interior com bancos e forrações na cor preta e o motor 250 TSI de 150cv e 25kgfm de torque com câmbio automático de seis velocidades que teve a programação alterada para circular de forma suave em baixas velocidades.

Virtus Cabrio: VW criou conversível em seis semanas para visita de Lula

No carro foi feita a remoção do teto, reforços de estrutura no monobloco, alongamento do assoalho para ampliar o espaço – o mandatário e o vice-presidente desfilaram em pé por boa parte do trajeto e o banco traseiro também foi modificado. A barra transversal instalada no meio do carro serviu como apoio, mas as alterações também foram feitas na parte mecânica.

Virtus Cabrio: VW criou conversível em seis semanas para visita de Lula

Cerca de trinta profissionais da área de Desenvolvimento do Produto, com suporte da área de Qualidade, tiveram seis semanas para a entrega do veículo. “Tínhamos de proporcionar um bom espaço traseiro para os ocupantes, garantindo segurança e conforto para uso do veículo. Também foi preciso garantir resistência e rigidez estrutural suficientemente boas. Tudo num período extremamente curto”, detalha Antonio Carnielli Jr., Diretor de Desenvolvimento Técnico da VW.

Virtus Cabrio: VW criou conversível em seis semanas para visita de Lula

Outros modelos com o mesmo objetivo foram transformados ao longo da trajetória da Volkswagen. Em 1959, Juscelino Kubitschek desfilou em um Fusca marcando o início da produção do sedã na fábrica Anchieta, Itamar Franco andou a bordo de um Cabriolet azul e o próprio Lula já andou em um Polo Sedan conversível em 2003 e a bordo de um Fox conversível em 2005 antes de andar no Virtus Cabriolet. Os carros fazem parte do acervo da Garagem VW que recebe visitas específicas na sede da empresa em São Bernardo do Campo.

Veja nosso vídeo com os detalhes históricos da evolução do Fusca feito na Garagem Volkswagen.

Share This
Jogos de pôquer Mapa do site